Fale com um consultor online:

MENU
13/07/2020

Entenda as diferenças entre os tipos de apartamento

A fim de atender aos diferentes perfis e necessidades da vida contemporânea, o mercado imobiliário oferece diferentes tipos de apartamento.

 

A ideia é que os empreendimentos se adequem ao morador desde o layout da planta até os diferentes tipos de serviços e instalações oferecidas no condomínio.

 

Assim, estudantes, profissionais e famílias com ou sem filhos encontram soluções que atendem as expectativas e as escolhas de vida que realizaram.

 

Por isso, entender quais opções existem é tão importante, pois assim você garante que a sua rotina seja simplificada, favorecendo o seu bem-estar no novo lar.

 

Abaixo trazemos as características de seis alternativas de mercado. Conheça os detalhes de cada uma delas ao continuar a leitura.

 

 

Tipos de apartamento

 

Kitnet

Modelo bem difundido no Brasil, as kitnets são a principal escolha de estudantes e solteiros que não passam tanto tempo em casa, afinal tais empreendimentos costumam ter metragem de 20m² a 40m².

 

Com espaço reduzido, este é um formato muito comum em cidades universitárias e também em bairros com comércios locais, que costumam aproveitar a área superior para locação.

 

A kitnet conta com as facilidades de manutenção característica de um ambiente compacto, porém dificilmente comportará visitas e atividades com várias pessoas de maneira confortável devido a este mesmo motivo.

 

A planta costuma ter integração entre sala e cozinha, além de possuir quarto e banheiro.

 

Loft

Importado da cultura americana, o loft é uma adaptação à vida moderna. Isso porque é a transformação de antigos galpões comerciais e industriais em residência.

 

A origem se deu em Nova York. E o interesse por esse tipo de construção se deu devido aos barracões de bairros industriais terem valores atrativos para compra na década de 70. Assim, eles foram a opção de artistas que buscavam o ambiente ideal para montarem ateliês.

 

A partir da popularização do modelo, hoje é um dos tipos de apartamento mais caros que existem, cujo valor do metro quadrado costuma ser, em média, 20% maior.

 

Mas há razões para isso, além do charme do ambiente rústico e industrial há os benefícios de um pé direito extremamente alto, o que proporciona a criação de mezaninos e o aproveitamento marcante da luz natural através de grandes janelas e paredes de vidro.

 

Studio

Outra opção de imóvel compacto, o studio se caracteriza por sua planta de espaço único, fazendo o ambiente ser multifuncional, apenas com o banheiro como área íntima ainda que algumas opções isolam o dormitório com paredes ou portas deslizantes.

 

O tamanho é de cerca de 30 m² e a diferença entre esse modelo e a kitnet são as opções de serviço e lazer que costumam estar à disposição dos moradores como áreas de uso comum e convívio que vão desde lavanderia e bicicletário até piscina e espaço gourmet.

 

A localização também é outro ponto importante para encontrar studios: costumam estar em regiões privilegiadas de grandes centros urbanos de maneira a facilitar a locomoção e acesso a toda gama de comércio e serviço.

 

Flat

Procurado principalmente por pessoas cuja dinâmica de vida as fazem se mudar de tempos em tempos e cujo trabalho toma a maior parte da rotina, o studio (acredito que queriam dizer Flat) oferece todas as comodidades para o morador.

 

Para entender melhor, vale lembrar que ele também é conhecido por apart-hotel. Ou seja, um ambiente com todos os serviços de quarto (manutenção, lavanderia, alimentação) à disposição, porém, com um layout aconchegante, pois também é um lar e não somente um ambiente de passagem.

 

Todos esses benefícios já são cobrados no valor mensal do condomínio como mais uma facilidade.

 

E, ainda que o mais comum seja a locação, os flats também podem ser adquiridos a fim de serem utilizados como residência permanente.

 

Garden

O garden é muito procurado por pessoas que têm ou desejam ter filhos, além das que possuem pets, pois proporciona um conforto a mais à família, já que está localizado no térreo das torres e possui um quintal privativo.

 

O fluxo de entrar e sair do condomínio e transportar pertences e compras cotidianas é outra facilidade do garden. Por estar no térreo, exclui a necessidade de uso do elevador, o que também agiliza tais tarefas.

 

Todas essas características fazem com que o investimento dos apartamentos garden seja maior do que o das unidades convencionais do prédio.

 

Cobertura

Tendo o céu como limite, muitas vezes, a cobertura também conta com área maior, assim como existe nos apartamentos do térreo, porém tem a privacidade e a vista como principal ativo.

 

Ao estar no ponto mais alto do prédio e sem vizinhos acima, este é o apê ideal para quem busca exclusividade e, justamente por isso, é a unidade mais valorizada de todo condomínio.

 

Algumas configurações de cobertura são: tipo (iguais aos outros apartamentos), com varanda ampliada, duplex (que possui dois andares) e Penthouse (que ocupa toda a área superior da torre).

 

Já escolheu qual o melhor tipo de apartamento para os seus sonhos ou momento de vida? Então, acesse e avalie sobre se vale a pena comprar o seu imóvel na planta!

ESCRITO POR:Embraplan Engenharia
Embraplan Engenharia 2020. Todos os direitos reservados.