Fale com um consultor online:

MENU
15/06/2020

Apartamento pequeno: 5 ideias para aproveitar cada centímetro!

Há inúmeras formas de tornar o seu apê mais aconchegante e funcional. O ideal é já incluir essas dicas desde o início da decoração.

 

Os empreendimentos residenciais possuem metragens e opções de plantas diversas. Muitas vezes, um empreendimento imobiliário trabalha com mais de uma planta, visando atender os diferentes perfis de família.

 

Para auxiliar a decoração e organização de apartamentos pequenos (até 44m²), trouxemos dicas para otimizar os espaços, melhorando ainda mais seu aproveitamento. Veja as cinco abaixo.

Otimize o espaço do seu apartamento pequeno.

 

 

1. Ambientes integrados

Muitos imóveis já vêm com esse layout e é importante otimizá-lo ainda mais a partir de uma decoração que faça conexão entre os espaços.

Um exemplo clássico de integração é a sala e a cozinha a partir do conceito americano em que há apenas uma bancada e as banquetas entre os dois ambientes.

Isso proporciona interação entre as pessoas que tiverem nos dois cômodos, ainda que estejam fazendo atividades separadas.

Outro ponto positivo para se beneficiar ainda mais dessa escolha é planejar os móveis, criando uma infinidade de opções que otimizam cada centímetro como, por exemplo, uma bancada vazada em que é possível abrigar as bancadas sob ela, o que favorece o fluxo quando não está em uso.

 

 

2. Móveis suspensos

Quando buscamos mais funcionalidade é fundamental olhar para todos os ângulos a fim de encontrar oportunidades para aproveitar a metragem. E, sem dúvida, móveis no sentido vertical e suspensos são uma excelente alternativa para isso.

E o melhor dessa dica é que ela pode ser aplicada em todo o apê, o que possibilita criar ambientes multifuncionais, ou seja, o quarto das crianças também está preparado para ser um ambiente adequado de estudo ao liberar espaço a partir de uma cama beliche ou bicama.

Além disso, a sala pode ter um charme a mais com uma estante pet friendly (em que os vãos servem como desafio para gatos, o que tira a necessidade de brinquedos pelo chão da casa). Um painel suspenso também facilita a faxina, ao diminuir a quantidade de pés de móveis para desviar. Mais além: Móveis da cozinha e lavanderia em que os grandes eletrodomésticos se encaixam (máquina de lavar e geladeira), mas em que há nichos para abrigar utensílios.

 

 

3. Multifuncionalidade

Tudo o que for possível pode e deve ter mais de uma utilização em apartamentos pequenos. Nas famílias que precisam de uma mesa de jantar com mais assentos, o canto alemão tem se difundido devido a proporcionar mais opção para a organização a partir do baú que também serve como banco.

Há inúmeros formatos de sofá, desde prontos até os encomendados, em que é possível modular o formato, transformando-o em uma cama, o que é um benefício tanto para maratonar séries para quem prefere não ter televisão no quarto, quanto para abrigar visitas.

Vale muito a pena adequar a escolha dos móveis ao seu estilo de vida pensando nessa possibilidade de transformação e multiuso para que, durante o cotidiano em casa, haja a sensação de organização, mas que também de ter tudo o que precisa de acordo com o seu modo de vida: seja trabalho em casa, gostar de receber visitas, organizar o cotidiano com crianças.

 

 

4. Espelhos e transparência

Também existem alguns truques que proporcionam a sensação de amplitude a partir da escolha da decoração.

O espelho é o principal deles, mas precisa ser utilizado da maneira correta, sendo posicionado em uma parede ou móvel que reflita o máximo de objetos possível, a fim de dar essa sensação de continuidade, mas também em um local que não gere incômodo, ou seja, estar localizado estrategicamente em um ponto em que não haja tanta passagem de pessoas.

Outra dica é a utilização de itens transparentes, cadeiras ou outros móveis, pois seu efeito visual também contribui com essa percepção de amplitude, o que gera maior bem-estar.

Na dúvida, para harmonizar todas essas dicas, vale contar com um profissional da arquitetura e design de interiores, pois ele tem o conhecimento técnico para tornar o ambiente bonito e funcional.

 

 

5. Iluminação e cores claras

Luz é sempre um fator importante, seja ela natural ou artificial e pode contribuir muito com a sensação de aconchego no seu apê.

Contar com a ventilação e o solzinho pelas janelas e varandas é sempre bem-vindo e deve ser potencializado com cortinas claras e leves para que o cômodo se beneficie dela o dia inteiro.

As cores claras das paredes, revestimentos e móveis também trazem o efeito clean. E não se prenda, apenas, ao branco! Há inúmeras paletas com tons nudes e claros que podem tornar o mix da sua casa interessante sem ser completamente chapado.

Mas se for para ter algo branco, para quem preza o custo-benefício vale saber que a marcenaria branca costuma ter um investimento mais acessível!

 

 

E depois de todas essas dicas para apartamento pequeno, esperamos que você esteja com a cabeça cheia de ideias, tenha aquela sensação de já ter os espaços ou, pelo menos, alguns detalhes do seu lar já decididos. Mas se o primeiro passo ainda precisa ser dado, conte conosco e escolha o seu apê ideal!
 

ESCRITO POR:Embraplan Engenharia
Embraplan Engenharia 2020. Todos os direitos reservados.