Fechar

Fale com um consultor online:

Entre em contato
MENU
05/08/2022

O que faz um corretor de imóveis?

O que faz um corretor de imóveis?

Com certeza você já se deparou com esse profissional em algum momento da sua vida, mas já parou para pensar o que faz um corretor de imóveis

 

A profissão é regulamentada no país desde 1962 e isso significa que para ser corretor ou corretora de imóveis é necessário possuir um registro no CRECI - Conselho Regional de Corretores de Imóveis. 

 

O Conselho foi criado pela necessidade de regulamentar e impedir que haja um exercício incorreto da profissão. Vale lembrar que cada Estado possui a sua unidade do CRECI. 

 

Neste conteúdo vamos falar o que faz um corretor de imóveis e como ele pode te auxiliar em todo o processo de compra do seu apartamento

 

Neste artigo você confere:

 

  • O que faz um corretor de imóveis?
  • 5 áreas de atuação de um corretor de imóveis
  • Como se tornar um corretor de imóveis?
  • Média salarial desse profissional
  • 4 benefícios de contratar um corretor de imóveis

 

O que faz um corretor de imóveis?

 

Para começar gostaríamos de ressaltar que o corretor de imóveis é um especialista em transações imobiliárias e ajuda os clientes a fazerem negociações seguras e que atendam às suas necessidades. 

 

Isso significa que ele, após emitir seu CRECI, está habilitado para vender, alugar ou comprar imóveis das mais distintas naturezas. 

 

Vamos destacar a seguir as principais funções e responsabilidades de um corretor de imóvel, confira:

 

- Intermedia transações de compra, venda, aluguel ou administração de imóveis;

- Avalia imóveis;

- Verifica a veracidade de documentos e das pessoas envolvidas na compra/venda;

- É responsável por garantir a segurança da transação e os direitos do comprador;

- Providencia as documentações necessárias para que a transação ocorra; 

- Administra condomínios;

- Entrevista clientes e faz pesquisas de mercado;

- Pensa em estratégias de venda de imóveis ou empreendimentos como um todo;

- Presta todo o suporte necessário aos clientes mesmo após efetivar a transação.

 

5 áreas de atuação de um corretor de imóveis

 

As áreas de atuação de um corretor de imóveis são bem amplas e esse profissional pode trabalhar em construtoras, imobiliárias, condomínios ou mesmo ter uma atuação de forma autônoma.

 

Também pode se especializar em um determinado tipo de propriedade, como área rural, venda de lotes, casas de repouso, espaços de trabalho coletivo ou mercado imobiliário internacional.

 

Mas agora vamos destacar as 5 principais áreas de atuação desse profissional, acompanhe! 

 

1. Corretor de imóveis: essa vertente da profissão nós já mencionamos no decorrer do texto, mas vamos reforçar. Neste caso o profissional é responsável por todos os trâmites relacionados à compra, venda ou locação dos mais diversos tipos de imóveis; 

2. Gestor de fundos imobiliários: existem diversos fundos de investimentos voltados para o mercado imobiliários e os corretores podem atuar fazendo a gestão desses fundos;

3. Administrador de imóveis: nessa área o corretor é responsável por fazer a gestão de locações e condomínios, além de ajudar em casos de disputas judiciais; 

4. Prospecção: nesse caso os corretores têm a função de prospectar ou encontrar novos imóveis; 

5. Avaliador: uma outra função que pode ser exercida, mas requer a realização de um curso específico, é a de avaliar os valores e a documentação dos imóveis. 

 

Como se tornar um corretor de imóveis?

 

Agora que você já sabe o que faz um corretor de imóveis e suas principais frentes de atuação, vamos explicar como se tornar um profissional da área. 

 

Como falamos no começo desse conteúdo, a profissão é regulamentada e para se tornar corretor de imóveis a primeira coisa que deve ser feita é o registro no CRECI da região em que o profissional vai atuar. 

 

Porém, para que esse registro possa ser efetuado é necessário que a pessoa, antes, faça cursos específicos da área. 

 

Existem 3 possibilidades de estudos para se tornar corretor de imóveis, são elas:

 

- Curso Técnico em Transações Imobiliárias (TTI): esse curso é reconhecido pelo MEC - Ministério da Educação e sua duração varia de 6 meses a 2 anos, tendo 1 ano como média. Ele capacita os estudantes para atuarem na compra, venda e locação de imóveis.

- Tecnólogo em Gestão Imobiliária ou Negócios Imobiliários: nesse caso o estudante finaliza o curso com um diploma de nível superior e a duração é de 2 anos, em média. Nesse caso, além de aprenderem a parte mais prática da profissão eles têm a visão aprofundada da parte legal.

- Bacharelado em Ciências Imobiliárias ou Negócios Imobiliários: existe apenas uma graduação em Ciências Imobiliárias no país, em modalidade presencial e com duração de 4 anos.  

 

Além de ter uma preocupação com a base da formação e competências técnicas, é preciso ter em mente que existe uma espécie de perfil que geralmente as pessoas que se dão bem na profissão possuem. 

 

Por exemplo, os corretores de imóveis normalmente são pessoas comunicativas, possuem um alto poder de persuasão, facilidade com o relacionamento interpessoal e costumam ser pacientes. 

 

Mas é claro que isso é apenas um estereótipo e existem bons profissionais que não necessariamente cumpram todos esses “requisitos” comportamentais. 

 

Média salarial desse profissional

 

Antes de mais nada é importante ressaltar um ponto aqui: na composição do salário de um corretor de imóveis entra os valores que ele recebe pela comissão das vendas, e isso interfere diretamente em seus ganhos mensais. 

 

Na prática isso significa que, dependendo da quantidade de vendas que a pessoa fizer em um mês, vai receber mais ou menos comissão e isso influencia diretamente no salário final daquele período.

 

Mas vamos tentar responder da melhor maneira qual é a média salarial de um corretor de imóveis. 

 

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), a média salarial desse profissional no país é de R$2.147,42 levando em consideração uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.

 

Mas, se levarmos em consideração o Site Nacional de Empregos (Sine), os dados são diferentes. Ele aponta que a média salarial de um corretor de imóveis pode variar de R$2.500 a mais de R$15 mil.

 

Essa variação tão expressiva se dá dependendo do tempo de experiência do profissional, porte da empresa que trabalha, região em que atua e, claro, quantidade de vendas realizadas. 

 

4 benefícios de contratar um corretor de imóveis 

 

Agora que você já sabe o que faz um corretor de imóveis, suas áreas de atuação, média salarial e como fazer para se tornar um profissional da área, vamos trazer um outro ponto muito importante. 

 

Os benefícios de contratar um profissional desses na hora de realizar a compra de um imóvel. Confira abaixo as 4 principais vantagens! 

 

1. Avaliação correta

Esse profissional está apto e, normalmente, já possui muita experiência de mercado para avaliar corretamente os empreendimentos. Isso significa que você corre bem menos risco de vender seu imóvel muito abaixo do valor de mercado, por exemplo.

 

E isso acontece porque o corretor de imóveis fará uma pesquisa aprofundada de mercado antes de estabelecer o melhor valor de venda. Além disso, tem a vantagem de que ele é capaz de avaliar todas as características do imóvel.

 

2. Segurança e confiança 

 

Sabemos que comprar ou mesmo vender um imóvel não está entre as tarefas mais fáceis de se realizar, ainda mais quando não se está habituado com as nuances do mercado imobiliário. 

 

O corretor de imóveis proporciona a segurança e confiança que as pessoas precisam para fechar esse tipo de negócio, pois como falamos no item anterior ele tem a expertise necessária para avaliar corretamente o imóvel.

 

Além disso, proporciona a segurança jurídica de alguém que vai avaliar e resolver toda a parte burocrática e as documentações necessárias para o cliente. 

 

3. Comodidade

 

Isso tudo vai proporcionar uma comodidade e bem-estar para o cliente que evita muito estresse e uma série de dores de cabeça. Pois, como dissemos, quem não conhece bem as particularidades do mercado pode encontrar dificuldades no decorrer desse processo. 

 

4. Economia e praticidade

 

Com a contratação de um corretor de imóveis o cliente pode (sim!) economizar na transação, e isso acontece por conta da assertividade que esses profissionais trazem para os processos de compra e venda de empreendimentos. 

 

Além da economia financeira, quem contrata esse tipo de profissional tem mais praticidade e economiza tempo, pois não precisa agendar visitas, entrar em contato com interessados ou mesmo realizar vistorias. 

 

**

O que achou deste conteúdo? Esperamos que ele tenha te ajudado a entender o que faz um corretor de imóveis e como ele pode exercer um papel-chave na vida de quem está buscando comprar, vender ou alugar um imóvel. 

 

Caso você esteja procurando um apartamento para chamar de seu, saiba que a Embraplan dispõe de muitas opções e conta com a parceria de diversos corretores de imóveis que estão à sua disposição.

 

Não hesite em entrar em contato e desfrutar de todas as vantagens que esse profissional pode trazer para o seu processo de compra!

 

Converse com nossos consultores clicando aqui e veja tudo que a Embraplan pode fazer por você! 

 

ESCRITO POR:Embraplan Engenharia
Embraplan Engenharia 2022. Todos os direitos reservados.